Escolha uma Página

Ei, você já ouviu nosso episódio sobre A Peste de Albert Camus?

12 / 07 / 2021 | Publicações

Um ano após seu lançamento, o episódio 5º do Peripacast intitulado “A Peste nossa de cada dia”, convida-nos a rever e a discutir as questões de uma situação que ainda perdura. Em julho do ano passado, o mundo ainda acompanhava atônito o alastramento de uma pandemia que iniciara em março do mesmo ano, e que pouco a pouco disseminava-se pelo mundo. A promessa de uma vacina, ainda era, para o mundo inteiro, uma realidade distante.

Agora, em julho de 2021, enquanto o tema ainda se demonstra atual, e talvez nos faça ver tudo sob novas perspectivas, torna-se ainda mais válido revisitar esses temas. Para que, em julho de 2022, quando o mundo puder olhar para trás e repensar tudo aquilo que vivemos, possamos também dizer que, por mais difícil que tenha sido a lição, aprendemos com ela, e que poderemos olhar para o futuro com melhores olhos, e também com esperanças maiores.que um dia ela terá um final diferente.

Para elucidar ainda mais a rica discussão que tivemos com Gabriel Villatore Bigardi, nosso convidado nos empresta seu conhecimento mais uma vez através de um texto que publicamos em nosso site! Leia um trecho:
“A epidemia que pouco a pouco levará as personagens ao extremo de suas condições de humanidade, enclausuradas sob um verdadeiro estado de sítio, faz-nos deparar não tanto sobre a impossibilidade de vencer a Morte em face a um desastre, natural ou não, mas sobretudo perante a ética e a postura que tal emergência faz nascer no coração dos homens. […]. Se, para além dos números, considerar-se em cada estimativa também uma história de vida que terminou bruscamente, sequelas emocionais e entes que se perderam, seria impossível tratar do assunto de forma leviana.”