Escolha uma Página

Léxico e definição: Griot, Griô ou Djéli

1 / 10 / 2021 | Publicações

Griô é uma versão abrasileirada ou portuguesa da palavra francesa Griot, os termos se remetem aos contadores de histórias, responsáveis, nas sociedades africanas em especial na ocidental, por carregarem consigo a tradição oral na qual é transmitida a história de seu povo e o patrimônio de sua cultura.

Porém, estes conceitos surgem no processo colônial de África, eles são correlatos da palavra “servo” do Português, visto que o território expropriado por Portugal tinha em sua abundância povos em que o Griot marcava grande influência na cultura.

A figura do Griot remete à tradição estética da oralidade africana. Por conta disto, o griot tem como profissão coletar e memorizar versos de épicos e canções antigas como um genealogista, para expô-las de modo oral, estes ditos são transmitidos geração após geração, século após século. O Griot deve empenhar esta arte sem cometer nenhum erro ao cantá-los. Deve ainda estar atento aos acontecimentos, funcionando como um mestre de cerimônia, chegando a realizar sátiras e criticas politicas.

No entanto, eles se empenham em mostrar um modo de pensar para trazer possibilidades para os seus ouvintes construírem novos conhecimentos a partir da tradição. Uma das figuras históricas com um relato em épico é Sundiata Keita, o fundador do Império Mali por volta de 1230.

Se na África ancestral essa função geralmente era atribuída ao ancião de uma tribo devido à sua sabedoria e ao conhecimento por ele acumulado, no Brasil atual temos as figuras dos slamers, rappers, mc´s e poetas de sarau como inspiradas pelo griotismo e a tradição poética oral africana.

Não se esqueça de curtir e compartilhar este artigo com seus amigos!